segunda-feira, 25 de abril de 2016

Tempos de luta...

Se você defende ideias que te favorecem conforme suas realidades pessoais então você não tem ideias.
Você é apenas o PMDB da sociedade, que vai pra onde tá favorável.
A maioria das minhas lutas não me atingem diretamente, eu disse a maioria.
Eu quero um mundo no qual que meus filhos possam viver.
Que não sejam violentados e maltratados porque fizeram essa ou aquela escolha...
Eu quero paz, amor, tranquilidade.
Eu quero liberdade.
E não é porque eu não me sinto mal com certas imposições da sociedade que isso não afeta outras incontáveis pessoas ou enfraquece a força de um movimento.
É essa visão mais abrangente que temos que ter.
Temos que ser menos egoístas e parar de querer desvalorizar apenas porque você não apoia ou não faz sentido para você.
O mundo melhor depende de todos nós e o egoísmo em certas visões precisa ser controlado.
Exemplo:  O feminismo pra mim é desnecessário? Sim.
1- As mulheres deixam de ser estupradas com a minha opinião?
2- Deixam de ser agredidas em casa?
3- Deixam de ser julgadas por suas roupas?
4- Ou por que dão de primeira?
5- As mulheres passam a ganhar a mesma coisa que homens nos mesmos trabalhos?
Ou seja, minha opinião de que uma luta pra mim não faz sentido não faz com que outras milhões de pessoas não continuem sofrendo por causas que talvez não me atinjam.
Então, vamos à luta por nós e por todos nós!
É assim que vencemos e conquistamos um mundo melhor. Sem egoísmo.


Yasmin Bardini.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por palpitar no Churumellas.
Empolgue-se e torne-se um Chuchu também! Envie um e-mail para papo.dellas@gmail.com com o seu texto e/ou o tema que você gostaria de ler por aqui.